BIOGRAFIA

Nascida em 18 de setembro de 1984 na zona rural de Lauro Müller, sul de Santa Catarina, Lilian descobriu na infância seu amor pela música. Filha de agricultores e sem músicos na família, cresceu imitando a Xuxa em frente à TV e aos dez anos fez sua primeira apresentação ao público em um concurso na escola. “Foi como se a partir dali tudo fizesse sentido. Cantar sempre foi a melhor coisa do mundo”, diz. Aos 14 anos já cantava profissionalmente em programas de rádio e festivais.  

Aos 18 anos mudou-se para Florianópolis, onde formou-se em Letras pela Universidade Federal de Santa Catarina em 2007. Paralelamente, foi conquistando espaço como cantora de música popular brasileira. Abriu shows em Santa Catarina para importantes artistas da MPB como Gal Costa e Vanessa da Mata; fez participações em CDs de artistas catarinenses e apresentou-se nas maiores casas espetáculos do estado.

O vídeo do casamento, em 2010, no qual entra cantando na igreja, foi publicado por fãs e viralizou na internet, somando 1, 5 milhões de visualizações.

Disposta a agregar ainda mais conhecimento e dedicar-se à sua carreira, Lilian mudou-se para o Rio de Janeiro em 2011. Fez aulas de canto com Vera Maria do Canto e Mello e passou a se apresentar na capital carioca em arenas e projetos culturais, teatros, entre outros. Em 2012 surgiram as primeiras composições e a partir de 2013 seu repertório autoral foi ganhando mais espaço em seus shows e nas redes sociais.

Em 2014 foi uma das participantes do concurso musical Mulheres que Brilham no programa Raul Gil, no SBT. No mesmo ano, uma de suas composições – De Amor –  foi finalista do Festival de MPB “Certame da Canção”, do Conservatório de Música de Tatuí, em São Paulo, onde se apresentou acompanhada da Orquestra Sinfônica do Conservatório.

Em 2015 a campanha de financiamento coletivo (crowdfunding) #EuApoioaLILIAN no site Benfeitoria viabilizou o primeiro disco autoral da cantora – um EP com cinco canções: Égide, De amor, Branquela, Viajante e Motivo (que dá nome ao disco). O EP gravado no estúdio Cia. dos Técnicos com produção de André Vasconcellos foi lançado em outubro em todas as plataformas de streaming. O disco foi premiado na categoria ‘Melhor Arranjador’ (André Vasconcellos) no PPM 2016 – Prêmio Profissionais da Música, em Brasília.

Em 2016 Lilian viveu uma experiência que marcou sua trajetória profissional: ela foi aprovada nas audições às cegas do The Voice Brasil cantando Faltando um Pedaço (de Djavan) e entrou para o time de Claudia Leitte. Os técnicos destacaram sua experiência profissional, afinação e felicidade por estar no palco. “A sua alegria e suavidade parece muito com nosso desejo de carnaval. Você escolheu Djavan e cantou lindamente e nós aplaudimos você por isso”, disse Carlinhos Brown. A participação no reality show da Globo trouxe visibilidade à cantora em todo o País, além do contato com grandes profissionais da música e amizades com outros participantes.

No mesmo ano ela foi escolhida por voto popular entre mais de dois mil artistas e bandas para participar do #ShowLivreDay e se apresentou em março no Estúdio Showlivre em São Paulo. 

Devota de Nossa Senhora Aparecida, compôs a música Prece em dezembro de 2015 quando passou por problemas de saúde. O registro da apresentação ao vivo no Solar de Botafogo, no Rio de Janeiro, em junho de 2016, viralizou na internet e chegou ao Padre Fábio de Melo, que pediu autorização para gravá-la em seu novo álbum, Clareou, lançado em abril de 2017. “O pedido me deixou muito feliz e também veio como um afirmação da compositora que sou”, afirma. No mesmo ano, Lilian consolida sua militância pelo feminismo e lança no Dia Internacional da Mulher a canção Sou Mulher.  Ainda em 2017 Lilian levou seu show “Motivo” a São Paulo, Rio de Janeiro, Florianópolis e Recife, marcando sua estreia em palcos nordestinos.

LILIAN conta com milhares de seguidores nas redes sociais e soma mais de 2 milhões de visualizações no YouTube.

ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?